Finalmente Após 4 Dias Encima de Um Telhado, Cavalo Caramelo é Resgatado no Rio Grande do Sul

Cavalo Caramelo é resgatado em Canoas (RS) após passar dias ilhado em telhado (Reprodução/Record TV)

Numa impressionante operação de resgate, o cavalo Caramelo, que ficou retido por quatro dias em um telhado devido às enchentes no Rio Grande do Sul, foi salvo por uma ação conjunta dos bombeiros e do Exército na manhã desta quinta-feira (9) em Canoas.

O resgate, realizado por volta das 11h, envolveu o uso de dois botes, quatro barcos e um jet ski para garantir a segurança do animal.

Foto: Reprodução/Globo News

Caramelo foi avistado pela última vez na manhã de quarta-feira (8), equilibrando-se precariamente no telhado, o que mobilizou rapidamente as equipes de resgate e chocou o Brasil.

As imagens do cavalo retido no telhado ganharam repercussão internacional.

Janja da Silva, primeira-dama, e influenciadores como Felipe Neto pediram urgência nas ações de resgate.

Janja relatou em sua conta no ‘X’: “Conversei com o General Hertz, Comandante das Operações no RS, e ele mobilizou equipes para localizar e resgatar o cavalo em Canoas. Os veterinários do Exército estão acompanhando. Torcemos para que o ‘Caramelo’ tenha resistido à noite.”

Felipe Neto também se engajou na campanha pela salvação do cavalo, afirmando em suas redes que uma equipe estava a caminho e que “se a embarcação não conseguisse remover o animal do telhado, ao menos ele seria alimentado”.

Ele até ofereceu-se para arcar com os custos de um helicóptero especial capaz de içar 500 kg, caso algum proprietário estivesse disposto a emprestar o veículo aéreo.

Momento em que o cavalo é resgatado

O resgate foi minuciosamente planejado e executado, começando com o transporte do cavalo para um bote especial visando sua segurança.

A operação, que contou com a presença de veterinários, foi transmitida ao vivo pela ‘GloboNews’, permitindo que milhares de pessoas acompanhassem o momento em que os profissionais acessaram o local onde o cavalo estava preso.